Por trás do vício e da compulsão



Algumas vezes adotamos alguns comportamentos que nos causam prejuízo. São coisas que fazemos que muitas vezes temos consciência que são nocivas, mas continuamos a fazer mesmo assim como por exemplo: dormir poucas horas, trabalhar em excesso, não praticar alguma atividade física, fumar, deixar de ir ao dentista, beber em excesso, se manter em um relacionamento destrutivo, gastar dinheiro com algo completamente inútil, deixar tudo desorganizado, se alimentar mal e etc. São comportamentos que acabam piorando a saúde, a parte financeira, os relacionamentos e a nossa qualidade de vida em geral. Alguns julgam que agimos dessa forma por fraqueza, falta de disciplina e falta de força de vontade. Entretanto, cuidar de si mesmo e fazer coisas em benefício do próprio bem estar deveria ser algo que ocorresse sem esforço algum, de forma natural e espontânea, mas não é o que é que acontece. Racionalmente, não faz sentido prejudicar a si mesmo. Agimos desta forma guiados por fatores inconscientes. São sentimentos negativos que acumulamos durante a vida que encobrem o nosso amor próprio, baixando nossa autoestima. Surgem processos de autopunição e auto sabotagem. Dentro de nós existe um eu verdadeiro mais profundo que está sempre lá em paz e feliz. Entretanto esse eu verdadeiro pode estar temporariamente encoberto com nuvens negras que nada mais são do que sentimentos negativos que acumulamos durante a vida e que nos impedem de sentir a paz e alegria. Que é o que temos na nossa essência. As nuvens não fazem parte de nós e podem ser dissipadas. A essência continua sempre lá, pois ela é a nossa única parte verdadeira. As nuvens negativas criam uma identidade sofredora que tem vida própria e que toma conta dos nossos pensamentos e nos leva a fazer coisas que não são as melhores para nossa vida. Sentimentos de medo, culpa, rejeição, traumas, mágoas abandono, raiva, tristeza e outros fazem parte dessas identidade sofredora. Essa negatividade é que nos faz ter preguiça de praticar exercício, nos leva a comprar algo que não precisamos por impulso, nos convence a começar a se alimentar melhor somente na segunda-feira que vem, nos faz ficar na televisão até mais tarde e perder preciosas horas de sono que o nosso corpo precisa.


O encarte do livro" O Despertar de uma nova consciência", chama essa identidade sofredora, de corpo de dor. Outros chamam de sombra, pois ela que nos arrasta para os comportamentos destruidores, desde os mais leves aos mais pesados. Quanto mais sentimentos acumulamos, maior será a força da sombra e mais destrutivos serão nossos comportamentos. Pessoas que se envolvem com o uso pesado de drogas estão sendo controladas pela sombra que acumulam durante a vida que é composta por uma série de emoções negativas. E a maioria nem tem consciência que é essa infelicidade que elas não sabem lidar que as que as levam para a autodestruição. Não tem noção do quanto essa força tem poder sobre suas vidas. Aliás, a falta de autoconhecimento é tão grande que nem sabem que guardam tanta carga emocional e, consequentemente, também não sabem que a única forma de melhorar ou acabar de uma vez com o comportamento destrutivo é através da eliminação dessa emoção em conflito. Enquanto essas emoções estiverem guardadas, Será preciso uma luta constantemente para se manter longe da droga. Esse é o mesmo mecanismo que leva as pessoas ao vício do jogo, relacionamento com pessoas agressivas, compulsão alimentar, compulsão por compras, compulsão sexual etc.


Fale com os profissionais da Action Laser

através do whatsapp (41) 99917-8990

ou pelo telefone fixo (41) 3232-4982

email: curitiba@actionlaser.com.br

www.facebook.com/ActionLaserCTBA

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square