O vício dentro de casa. Como lidar?


O aumento do consumo do álcool e outras drogas, vem sendo utilizado como uma solução rápida para lidar com o tédio, a tristeza, incerteza etc.. No entanto, buscar refúgio no álcool ou cigarro e outras drogas está longe de ser uma solução para aliviar os sintomas emocionais provocados pelo confinamento. Sentimentos como esses ainda funcionam como gatilhos para o aumento dessas substâncias durante a pandemia e, apesar de trazerem uma sensação de relaxamento inicialmente, podem ainda agravar quadros de depressão e ansiedade. E pior que todas as incertezas e inseguranças continuarão existindo depois de cessar o efeito do álcool e das drogas e, mantendo este hábito a longo prazo, podem ainda elevar os riscos de desenvolver a dependência e outros problemas de saúde.

A cada ano, cerca de três milhões de pessoas morrem por causas diretamente relacionadas ao consumo de álcool e isso inclui as vítimas de vários tipos de câncer, doenças cardíacas, acidentes de trânsito e violência principalmente a doméstica. Segundo as pesquisas, o álcool é o principal fator de risco para mortalidade precoce na faixa de 15 a 49 anos.

Nesse período de pandemia, além de diversos fatores contribuírem para agravar esse risco, as restrições impostas acabam gerando uma série de outros problemas ligados ao álcool, principalmente porque o consumo na pandemia migrou da esfera pública como bares, festas, restaurantes para o espaço privado. Por isso o aumento no consumo doméstico do álcool foi considerado um dos principais efeitos secundários da pandemia. Algumas consequências desse novo comportamento foram os casos de violência doméstica, maior exposição das crianças ao uso do álcool e o aumento dos casos de depressão e suicídio, isso sem contar o risco maior de doenças devido a redução da imunidade decorrente do consumo excessivo do álcool e outras drogas.

Se você se identificou ou conhece alguém que apresenta essas dificuldades é uma boa hora para tomar uma atitude principalmente no primeiro mês do ano para resolver e manter com autocontrole, autoimagem e a qualidade de vida. Nossa da Action Laser unidade de Curitiba atuamos a 31 anos como uma técnica canadense 100% natural e indolor de laseracupuntura. Através da tecnologia do laser e o conhecimento da medicina tradicional chinesa, são estimulados pontos auriculares e sistêmicos de acupuntura. Esses conjuntos de pontos trabalham no sistema nervoso, metabólico e bloqueiam a compulsão física pela droga. A dependência emocional e durante aplicação nós utilizamos os recursos da psicologia positiva, neolinguística e exercícios respiratórios para resinificar o hábito e condicionamento transmutando em qualidade de vida todo esse quadro negativo.

Fale com os profissionais da Action Laser

através do whatsapp (41) 99917-8990

ou pelo telefone fixo (41) 3232-4982

email: curitiba@actionlaser.com.br

www.facebook.com/ActionLaserCTBA


Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square