Não se engane! O cigarro eletrônico não é uma opção segura!



O cigarro eletrônico é uma alternativa portátil de fumo que tem popularizado cada vez mais no Brasil. É também uma forma que os fabricantes encontraram de sedimentar a nicotina sem abrir mão do lucro obtido com a droga.

Inalar a fumaça liberada na combustão do cigarro é o mais mortal dos comportamentos de risco no Brasil. No entanto, não é de hoje que os fabricantes procuram formas de sedimentar a nicotina, sem causar os malefícios da queima do fumo, nem tirar o prazer que o dependente sente ao fumar. E acima de tudo, sem abrir mão do lucro obtido com a droga que provoca a mais escravizadora das dependências químicas conhecidas pela medicina.

Não existe padronização na quantidade de nicotina vaporizada pelas diferentes marcas de cigarros eletrônicos nem controle de qualidade. A dosagem de nicotina varia de acordo com o fabricante, no entanto alguns conseguem liberar de seis a dezoito vezes a quantidade de nicotina do cigarro comum. O uso concomitante pode levar ao consumo de doses exageradas de nicotina, eventualmente próximos de limites perigosos. O vapor da nicotina inalado através do cigarro eletrônico, disfarça as experiências prévias do fumante sem deixar estigmatizar o cigarro comum.

Lembrando que no mundo ocorrem 6 milhões de óbitos por ano em consequência do cigarro, e que as previsões para o século 21 não poderiam ser mais sombrias: 1 bilhão de mortes principalmente entre os mais pobres e menos instruídos. Os cigarros eletrônicos deverão obedecer às leis que os obrigam a passar por conteúdo de qualidade que proíbem fuma-los em bares, restaurantes, escritórios e outros espaços públicos fechados e de vender publicidade pelos meios de comunicação de massa. Seria fundamental também, proibir que os fabricantes adicionassem mentol, essências de morango, baunilha ou chocolate para torná-los mais estimulantes às crianças. Prática criminosa que a Anvisa não consegue impedir que a indústria do fumo continue usando no cigarro comum.

Essa moda é, na verdade, uma armadilha que está sendo usada para combater o que especialistas já classificam como "Epidemia da nicotina entre jovens". Estamos criando uma legião de dependentes de nicotina e de fumantes passivos que ficarão com os pulmões doentes, agredidos pela fumaça dos que fumam os eletrônicos, afirma Dráuzio Varela. A nicotina líquida é aquecida dentro desse dispositivo e ao dar uma tragada forma-se um vapor. Só que para formar este vapor, é necessário que se insiram substâncias que não existem no cigarro tradicional. O usuário do cigarro eletrônico aumenta em 42% a chance de ter um infarto. O adolescente que usa cigarro eletrônico, ele seria equivalente a cinco maços e aumenta em 50% a chance de desenvolver asma. Em média, um cigarro comum oferece 15 tragadas. Um maço de cigarro teria 300 tragadas, logo o cigarro eletrônico tem 1,5 mil tragadas seria equivalente a 5 maços de cigarro.


Você simpatizante ou usuário do cigarro eletrônico é importante analisar para que o usuário precisa desta bengala se são perfeitos, pois ninguém nasce com nenhuma dependência, apenas adquirimos com recursos existentes dentro de nós. E não existe nenhuma droga com o poder de o tornar dependente já no primeiro contato. O organismo rejeita com reações físicas como peso na cabeça, tontura, náusea etc... mas o usuário tem paciência, persistência, insistência, determinação e atitude e mantém o hábito por anos. Já parou para pensar se você utilizasse estes recursos para ter qualidade de vida, ser feliz. É uma boa troca não acha?

Sugiro que procure a Action Laser unidade de Curitiba que trabalha há 31 anos com uma técnica canadense natural e indolor de laser acupuntura. Através da tecnologia do laser e os recursos da medicina tradicional chinesa trabalhamos com vários protocolos como Tabagismo, álcool/droga, ansiedade depressão e reeducação alimentar. Neste mês de Agosto para comemorar o Dia Nacional Sem Cigarro, estamos com uma promoção convidativa para os fumantes que desejam conquistar uma melhor qualidade de vida e ser mais feliz. Fale com os profissionais da Action Laser

através do whatsapp (41) 99917-8990

ou pelo telefone fixo (41) 3232-4982

email: curitiba@actionlaser.com.br

www.facebook.com/ActionLaserCTBA



Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square