Cigarro eletrônico perigo cada vez maior


O cigarro eletrônico ou vaporizador se tornou um hábito, ou melhor um vício, que cresce significativamente, sobretudo entre os mais jovens. Também começou a ganhar adesão de pessoas de outras faixas etárias pelo enganoso apelo de não ser tão prejudicial quanto ao tabaco tradicional. No início, esses dispositivos eletrônicos surgiram com a proposta de ser uma ferramenta para controle do tabagismo, depois passou-se a propagar, então, que seria mais seguro por não haver queima ou combustão e até que não produz as milhares de substâncias cancerígenas ligadas ao cigarro comum. Com isso, muitas pessoas gostaram da ideia e se sentiram confortáveis a embarcar nesta tendência. Nesse contexto, os vaps e afins encontraram a multidões de jovens experimentando a novidade e até pessoas que pretendiam deixar o cigarro gradativamente.


No entanto, ao contrário do que alguns acreditam, o cigarro eletrônico não é inofensivo. Ele é acusado de provocar um novo tipo de doença pulmonar, conhecida e relacionada a várias mortes. É preciso ficar claro: esses dispositivos basicamente fazem o usuário aspirar o vapor com nicotina e outras tantas substâncias produzidas por um líquido armazenado em um reservatório. A uma diversidade de aromas fator que atrai ainda mais jovens. A composição desses líquidos não é informada pelos fabricantes, mas contém: glicerina, metais pesados e THC, um derivado da maconha. Existem inúmeros outros com grande potencial de causar lesões nos pulmões.


No Brasil a venda de cigarros eletrônico é proibida. Mas mesmo assim, as pessoas conseguem acesso em lojas físicas e pela internet. Sabemos que algumas reações entre o componente oleoso dentro e a nicotina, o THC (maconha), produzem a pneumonia lipoide. Isto é, o depósito de gordura nos alvéolos impedindo a respiração normal. Estamos diante de mais uma epidemia causada por um produto que atrai principalmente os jovens. Mas deparamos com com quadros mais agudos como pneumonia lipoide que geram aquele aspecto de vidro fosco nos exames de imagem, como na Covid 19 e insuficiência respiratória. E o que mais pode vir? O que esperar desse dispositivo a longo prazo? Será que levarão a outros problemas de saúde? Quantos precisarão morrer ou sofrer até termos esse conhecimento? Precisamos de mais campanhas de conscientização, mais leis restritivas e mais alerta sobre os malefícios de tantas formas de tabagismo, como Narguilés,Julls e o que mais surgir por aí. A potente nicotina sempre encontra uma forma de introduzir na sociedade. Eos jovens são sua porta de entrada e estamos vendo as consequências desse fenômeno. Precisamos conter. Chega de fumaça, respirar é preciso. E o oxigênio é o maior medicamento que existe no universo, é de graça sem efeitos colaterais e só traz benefícios como a saúde e energia.


Nós da Action laser unidade de curitiba, trabalhamos com uma técnica canadense 100% natural e indolor de laser acupuntura. Através de pontos auriculares e sistêmicos da Medicina Tradicional Chinesa, equilibramos pontos psicossomáticos( ansid/ irritabilidade humor e o sono ),pontos metabolizadores e bloqueamos a compulsão pela droga físicamente a célula não pede a droga . Durante a aplicação utilizamos recursos de PNL, Psicologia Positiva, Hipnose Ericksoniana e exercícios respiratórios que é a dependência emocional hábito condicionamento ressignificando e transmutando o valor emocional delegado a droga a qual se tornou dependente.


Fale com os profissionais da Action Laser

através do whatsapp (41) 99917-8990

ou pelo telefone fixo (41) 3232-4982

email: curitiba@actionlaser.com.br

www.facebook.com/ActionLaserCTBA

Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square